Condenado por tentar matar ex no Ceará, procurado pela Interpol recebeu auxílio emergencial

A busca da Polícia por Paulo Sérgio Bacelar Torres, de 49 anos, terminou. O homem condenado na Justiça do Ceará por tentar matar a ex-namorada, em 2006, foi preso na última segunda-feira (8), no Município de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, que faz fronteira com o Paraguai.

De acordo com a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Paulo Sérgio pilotava uma motocicleta, quando foi parado em uma blitz de rotina da Guarda Municipal da Fronteira (GMFron). Ele tentou fugir, mas acabou preso. A defesa do acusado não foi localizada.

Paulo foi levado ao 2º DP de Ponta Porã e depois transferido para o 1º DP do Município. De acordo com a Polícia de Mato Grosso do Sul, o nome de Paulo Sérgio constava na lista dos mais procurados da Polícia Internacional (Interpol) e, mesmo condenado na Justiça, com trânsito em julgado, ele recebeu o auxílio-emergencial de R$ 600 do Governo Federal, durante a pandemia.

Conforme o Portal da Transparência do Governo Federal, Paulo Sérgio recebeu quatro parcelas do auxílio-emergencial, nos meses de abril, maio, julho e agosto de 2020, o que totalizou R$ 2,4 mil.

Legenda: Pagamento do auxílio-emergencial a Paulo Sérgio é detalhado no site do Portal da Transparência

O 2º DP enviou ofício à Justiça do Ceará, comunicando o cumprimento do mandado de prisão. "O preso não quis fazer uso da sua prerrogativa de comunicar a prisão a família e negou-se a indicar pessoa a ser comunicada ou indicar advogado. Outrossim informamos que Paulo Sérgio Bacelar Torres encontra-se recolhido nesta Unidade Policial, onde permanecerá à disposição da Justiça Pública", informou o delegado, no documento.

Condenação na Justiça

Paulo Sérgio Bacelar Torres foi condenado a 14 anos e oito meses de prisão, pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e surpresa), por decisão do Conselho de Sentença do 5º Tribunal do Júri de Fortaleza, no dia 17 de fevereiro de 2017. 

De acordo com a Justiça Estadual, Paulo Sérgio tentou matar a facadas a ex-namorada, na saída do trabalho dela, um hospital localizado na Rua Vicente Leite, no bairro Meireles, em Fortaleza, no dia 30 janeiro de 2006.

O homem não aceitava o término do relacionamento - iniciado em 2005 - e queria forçar a mulher a ir com ele a algum local. A vítima terminou o namoro ao perceber que o homem era violento e ciumento e, ao ser obrigada a ir embora do hospital com Paulo Sérgio, começou a gritar. Mesmo após o caso, ele realizou ameaças a ela e a familiares dela, por e-mail, na tentativa de não permitir que o processo criminal andasse.

Por Diario do Nordeste


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem