Fortaleza tem saldo de cerca de 11 mil doses de vacinas, diz secretária

Município começou nesta terça-feira (16) a segunda fase de imunização idosos e pessoas com deficiência institucionalizados como também trabalhadores da saúde.



Fortaleza só possui um pouco mais 11 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para atender a primeira fase do público alvo. De acordo com a secretária municipal da Saúde Ana Estela Leite a capital recebeu 119 mil doses de CoronaVac e AstraZeneca. Dessas, só sobram, atualmente, 11 mil, cerca de 8 mil CoronaVac e 3 mil dos imunizantes feitos em parceria com a Universidade de Oxford.

Essa quantidade, segundo a secretária, não será suficiente para atender 100% das pessoas que estão neste grupo prioritário da fase 1.

“Fortaleza recebeu cerca de 119 mil doses para aplicar dose primeira para todo esse público de fase 1. Nós temos um saldo de um pouco mais de 10 mil doses para concluir essa semana a dose 1 desse contingente de doses que nós recebemos. E nós não temos doses até o momento suficiente para contemplar 100% das pessoas que estão neste grupo prioritário da fase 1”, afirmou a gestora.

Ana Estela, no entanto, garantiu que a segunda dose da CoronaVac será aplicada por completo. "Estão na nossa rede de frio, todos vão receber", disse, ressaltando que Fortaleza ainda espera uma nova remessa de doses da AstraZeneca que tem previsão de chegada na próxima segunda-feira (22).

Apesar de haver pouca vacina, Ana Estela disse que o município começou nesta terça-feira (16), a segunda dose dos idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, como também trabalhadores da saúde.

“Com relação aos trabalhadores da saúde, outro grupo contemplado. O estado priorizou que exatamente aqueles que estão na linha de frente e nesse sentido nós já vacinamos todos os trabalhadores dos hospitais, da UPAs, das emergenciais, da atenção primária, o que estão nos postos de saúde, os que fazem o transporte dos pacientes, todos já foram contemplados e já estamos iniciando a segunda dose dos trabalhadores da saúde. Idosos institucionalizados, 100%; iniciamos hoje também as pessoas com deficiência institucionalizadas. Indígenas também concluímos a dose 1”.

G1 CE


Redação

Técnica de redação é o nome que se dá à prática de escrever para a imprensa ou veículos jornalísticos. A redação jornalística é o estilo de prosa curta, utilizado em matérias jornalísticas e boletins noticiosos publicados em jornais, revistas, rádio e televisão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem