Karol Conká justifica ações no BBB 21 e minimiza críticas: 'meu lado ruim aflorou'

Karol Conká definiu a culpa da eliminação com rejeição histórica do BBB 21 às próprias atitudes: "meu lado ruim aflorou, me perdi do jogo e me perdi de mim. A declaração foi dada em entrevista a Ana Maria Braga nesta quarta-feira (24), durante o quadro que recebe os participantes recém-saídos do reality show.


Considerada a principal vilã da 21ª edição, a rapper curitibana disse ter passado a madrugada de terça bem, ao lado do filho e do restante da família, sem esquecer de apontar que tem refletido sobre as ações criticadas no programa. "A culpa da minha saída foi das minhas atitudes péssimas, não tem muita outra coisa para dizer. Eu pedia para sair por que sentia a dor do remorso, da culpa. Me sentia ácida, amarga", justificou.

Karol Conká deixou o Big Brother Brasil com 99,17% dos votos do público em disputa no paredão com o economista Gilberto e o crossfiteiro Arthur. 

Entretanto, Ana Maria não esqueceu de mostrar diversas das ações de Conká dentro do programa. Recapitulando, a apresentadora a questionou sobre o comportamento direcionado a Lucas Penteado, que desistiu do programa logo após a primeira semana. Mais uma vez pedindo desculpas, a cantora argumentou que a situação com o ator já vinha persistindo no confinamento, o que a teria feito perder o controle.

"O que me provocou na briga da mesa eram coisas de antes. A gente estava passando por uma situação ruim com Lucas na casa e eu perdi a cabeça com ele, assim como algumas outras pessoas também perderam", afirmou. Porém, de acordo com a artista, ele também chegou a iniciar alguns dos momentos desconfortáveis antes de deixar a competição pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

"Ele até me pediu perdão sobre isso. Ele me olhava com um jeito e olhares estranhos, ficava dizendo coisas que eu não conseguia entender em um tom baixo", garantiu. Ainda assim, definiu a resposta na ocasião como "extremamente agressiva e petulante". 

Além disso, alegou ter lembrado de traumas anteriores quando teve embate direto com o artista paulista. "Com o Lucas eu lembrava de momentos com meu pai. Ele não tem nada a ver com isso, mas alguns jeitos me faziam lembrar", iniciou. "Isso não justifica nada, são coisas minhas mesmo. Coisas que eu estou descobrindo agora, mas acho importante falar sobre isso, sobre minhas fraquezas". 

Briga com Carla e Camilla

Não foi apenas Lucas quem sentiu a fúria de Karol no BBB 21. Ao explicar o desentendimento com Carla durante uma das festas do jogo, ela também minimizou os acontecimentos.

"Eu realmente acreditei que estava acontecendo aquilo, não foi inventado para causar. Chegaram algumas pessoas que falaram 'ai, eu a vi olhando para ele diferente', mas acho que eram comentários já baseados em algo meu", relatou. Além disso, culpou o "álcool na cabeça" e pediu perdão aos espectadores. 

Já sobre a briga com Camilla, a rapper citou a questão do racismo, mas reiterou que, em certo ponto, foi mal interpretada pela influenciadora. Conferindo as imagens da carioca afetada após a confusão, Karol também mandou mensagem mais tranquila. 

"Eu acho que levei a minha perturbação para a casa, joguei para os outros e acabei fazendo com que eles ficassem tristes", pontuou. 

Lavando a 'roupa suja'

No quadro final do programa, Ana tirou de uma máquina de lavar algumas palavras para definir os participantes mantidos no jogo. Como influenciável, Karol apontou Thaís, para logo depois se autodefinir como 'fake' e a vilã do BBB 21. 

"Estou me assumindo, me autoflagelando", declarou. No entanto, Ana não aceitou tão facilmente e a fez retirar o próprio nome da lista. "Ah, o Nego Di, né?", questionou. Ainda assim, Ana Maria pediu um nome que ainda estivesse na "casa mais vigiada do Brasil. "Então, o Projota. Gosto muito dele, mas se pensar no jogo, é ele", finalizou. 

Animosidade de Karol

Durante o programa, Karol também comentou mais uma vez sobre os problemas de animosidade dentro do confinamento. De acordo com o dicionário, a expressão animosidade é usada para definir má vontade constante, além de aversão, rancor, ressentimento.

Porém, a palavra também pode significar determinação diante de obstáculos como perigo, sendo também definição de audácia, coragem ou ousadia. 


Diário do Nordeste

Redação

Técnica de redação é o nome que se dá à prática de escrever para a imprensa ou veículos jornalísticos. A redação jornalística é o estilo de prosa curta, utilizado em matérias jornalísticas e boletins noticiosos publicados em jornais, revistas, rádio e televisão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem